Desafio da vez: câncer de testículo

Se meu primeiro post aqui foi “começando do meio”, agora retorno com um desafio de recomeço.

  • Como descobri

Em Fevereiro/14, por uma semana tive dores intermitentes no testículo esquerdo. Dores com duração de 1h e incômodos de período variado, que apareciam durante o dia e sumiam ou diminuíam muito durante as pedaladas. Com orientação de amigo médico (muito obrigado Bruno Chamone, pelo apoio e boas indicações!), fui a dois urologistas. Fui e estou sendo muito bem assistido. O diagnóstico inicial poderia ser de alguma inflamação, ou algo do tipo. Mas durante a ultrassonografia, o médico já notou alguns nódulos internos. O urologista solicitou exames de sangue para confirmar alterações de alguns indicadores: beta HCG e alfafetoproteína. O primeiro deu levemente alterado, e o segundo deu normal. Na consulta seguinte, não senti muita confiança no “modus operandi” do médico sobre como seriam os próximos passos, visto que a etapa seguinte era a cirurgia. Pedi nova indicação ao meu amigo, que indicou o Dr. Pedro Romanelli, no Hospital Madre Teresa (Belo Horizonte). Atendimento muito bom, com resolução de dúvidas e disponibilidade acima do normal. Deixou a mim e minha esposa (capítulo a parte) bem mais tranquilos quanto aos procedimentos.

  • O que é o câncer de testículo?

Algumas fontes científicas bem didáticas e detalhadas: INCAUROnline
O assunto já foi tratado até em novela (tem um quadro bom sobre o auto-exame).

Embora considerado raro, com incidência em 5 a cada 100mil homens, pelo que li na internet e com as informações dos médicos, não é um problema incomum. Este relato que encontramos no site Papo de Homem (muito bem detalhado) foi o que me deixou mais tranquilo em relação a todo o contexto que envolve a situação: a descoberta, os medos, os prós e contras… Nos links médicos acima há várias informações bem didáticas, inclusive sobre a importância e a simplicidade do auto-exame, visto que em 70% dos casos o testículo não dói, mas há alterações em seu formato que denunciam o tumor. Acomete homens de 15 a 40 anos, e não tem uma causa definida. Os fatores de risco são: o histórico familiar e a descida incorreta dos testículos, constatada quando ainda criança. Não tenho nenhum dos fatores.  E não há nenhuma relação com as pedaladas.

  • Minha opção e o apoio de minha esposa

Carnaval 2014Cirurgia

Desde o início, o apoio e os empurrões de Poliana, minha esposa, companheira, amiga e mais que tudo meu amor, tem sido fundamentais. Exames complementares feitos, a cirurgia de retirada marcada e eu permanecia com uma decisão firme, por mais egoísta que seja: não contei nada a minha família. Comentei com alguns amigos e colegas de trabalho, mais pela questão didática: é um problema relativamente simples de detectar. E como acomete principalmente homens da minha faixa etária, expus de essa situação.

Poliana não me deixou quieto nesses últimos 30 dias: se titubeio ela me conforta (depois de xingar rs). Eu não queria contar aos familiares porque havia chances de que a cirurgia fosse o último passo do tratamento, embora não fossem muitas. Só contamos aos meus irmãos no dia da cirurgia (já feita). E a minha mãe (que difundiu a notícia para os tios em questão de minutos) só soube após os resultados de biópsias e tomografias apontarem a necessidade de continuar o tratamento. Sabemos exatamente o que será feito e quais as chances reais, que felizmente são muitas! “É um dos poucos tipos que partem do princípio de cura e não de sobrevida – com uma média de 95% de chances de cura mesmo com metástase instalada.”

Poliana segurou um grande rojão nesses últimos dias, especialmente na primeira semana pós cirurgia. Cuidou muito de mim, e sou eternamente grato pelo amor que ela me dá a cada vez que abre os olhos e me dá um sorriso, todas as manhãs. Te amo muito, minha pequena.

  • Próximos passos

O tumor identificado é do tipo não-seminoma, e demandará mais cuidados. As tomografias apontaram um linfonodo no abdômen, indicando que células do tumor podem ter migrado. Pelo seu tamanho, a opção natural é pelo tratamento quimioterápico, que normalmente leva a cura. Se o linfonodo não diminuir até sumir, resta a opção pela cirurgia.

Antes de prosseguir o tratamento, farei exames para verificar o meu nível de fertilidade e coleta de sêmen. Há riscos de ficar estéril, mesmo que temporariamente. Impotência? Nem a pau. A probabilidade é remota.

Estou sendo acompanhado pelo Dr. Luiz Flávio Penna Coutinho, que me deu uma opção de quimioterapia diferente da relatada no link do relato no Papo de Homem. Como a opção tradicional utiliza a Bleomicina, que tem possibilidade de causar perda na capacidade pulmonar, isso poderia atrapalhar uma das minhas paixões: pedalar. Em vez de 3 sessões de quimio, serão quatro sessões, com a aplicação de outras substâncias. Guardadas as devidas proporções, é a linha de ação adotada no tratamento do ciclista Lance Armstrong .

  • O que me aguarda?

Estou finalizando duas semanas de licença médica do pós cirúrgico e volto ao trabalho. Pelo andar dos exames e resultados, é provável que inicie a quimioterapia na primeira semana de Abril. Pelo que já li e foi confirmado pelos médicos, as sessões são a parte chata do tratamento. Não adianta agora fixar em efeitos colaterais. A meta é a cura e boa parte da batalha já foi ganha, falta consolidar o restante. Vou ficar sem pedalar um tempo para poder pedalar mais o resto da vida. Amigos e familiares estão dando todo o apoio e sei que só tenho a ganhar, cumprindo as recomendações médicas.

À medida em que novidades aparecerem, escrevo por aqui ou por ali. Vamos conversando.

Desde já agradeço o apoio e carinho de todos que já souberam. A mensagem que quero passar é de prevenção. Por maior que seja o preconceito ou a timidez (baixar as calças para o médico não é fácil assim… rs) trata-se de um problema de saúde que não pode ser ignorado, pois é altamente curável. Estou no caminho certo.

*** Para ler os outros posts desta jornada, acompanhe a TAG Cancêr de Testículo.

Anúncios

35 pensamentos sobre “Desafio da vez: câncer de testículo

  1. Vinícius, sei que não é fácil encarar situações como essa…
    Mas como disse a Maysa , vocês já enfretaram algumas também não muito fáceis…e tenho certeza que essa também vai ser superada!
    Deus abençoará e colocará as pessoas certas no seu caminho!
    Quero lembrá-lo uma frase que usamos muito aqui em casa : ” Ohanna quer dizer família e
    família quer dizer nunca. abandonar ou esquecer.”
    Beijos.Deus o abençoe sempre!
    Tia Mercedes.

    Liked by 1 person

  2. *****Pô meu caro Vinícius Mundim,seja forte,tenha “Fé em Deus”,você é um camarada iluminado pode ter certeza disto,vemos isto no seu dia-a-dia e nas ações que promove, vou estar orando pela sua vida, forte abraço..*****

    Liked by 1 person

  3. Inicialmente, fiquei chocado. Depois que li o relato duas vezes fui entendendo melhor a dimensão do desafio que você e a Poliana terão pela frente e fiquei mais tranquilo. Muita coragem sua, Mundim, de expor seu caso, combina com você, e é uma postura que deverá ajudá-lo. Estarei acompanhando-o durante o tratamento, como todos os seus amigos. E, se precisar de qualquer coisa, pode contar comigo.

    Liked by 1 person

  4. Mundim, estou certa de que isso é apenas uma eventualidade da vida a ser superada. Vc e a Polly juntos têm uma força e energia contagiante e isso irá contribuir demais para a sua recuperação, que será certa. Não esmoreça, vc irá vencer. Grande beijo aos dois e estou aqui para o que precisarem.

    Liked by 1 person

  5. Falaaa Vini! Você já sabe muito bem qual o nosso lema “Vencer, vencer, vencer esse é o nosso ideal”! Não vai ser agora que vamos mudar ne mesmo? Cola na Polly aí que nós seus amigos e mais uma pá de gente que tá descobrindo sua história pelo mundo através da internet com certeza também está nessa corrente positiva.

    Liked by 1 person

  6. Mundim, que chato né?! Provavelmente deve ter se perguntado, porque com você, ne? Sabe porque? Porque Deus sabe o que faz com a gente, ele nunca coloca algo na sua vida que você não seja capaz de lutar, superar, vencer e aprender com o que ele designou pra sua vida! Portanto meu caro, muita força, paz, saúde e perseverança na sua luta contra esta doença que é muito dura, mas não é imbatível. Pode contar comigo com o que precisar e com minhas orações também!
    Força, foco e não finge não viu!

    Liked by 1 person

  7. Querido roia, faço das palavras do Gleisson as minhas! Deus sabe o que faz, as vezes é dificil mas é muito importante a gente sempre pensar positivo! Estou com você para o que precisar! Passa la depois pra jantar com a gente! Tamo junto amigo! Fica c Deus!
    Liu

    Liked by 1 person

  8. E aí, Mundim! Fiquei sabendo através do Mateus, no Facebook, e foi quando liguei os fatos do seu desaparecimento dos pedais, tanto para as serras quanto os puramente urbanos.
    Estou aqui como mais um elo nesta corrente de vibrações positivas para que tudo dê certo.
    Confie na Providência Divina, pois diuturnamente oramos “… Seja feita a Tua vontade…”, deixando sempre nas mãos do nosso Pai as trilhas pelas quais percorremos. Na verdade, Ele nos guia sempre pelo caminho mais bacana de todos, nós é que, vez ou outra, nos desviamos pelos single-tracks da vida, e aí, compramos um terreno aqui, outro ali, mas sempre nos levantamos, subimos na bike e seguimos viagem. Com o passar do tempo, vamos ficando mais experientes e também cautelosos. Deus não permite que um fardo nos caia sobre os ombros sem que tenhamos a força capaz de suportá-lo (nem um grama sequer!); e o mais bacana dessa, ou dessas tarefas, é como suportamos esse/esses fardo/fardos, sempre pedindo a Ele que nos dê força, agradecendo por cada oportunidade de crescimento moral, com humildade, fé, esperança, amor, resignação, solicitando passar por tudo sem ao menos murmurar!
    Valeu pelo toque quanto à possibilidade desse tipo de câncer e parabéns (tanto a você quanto à PoliOnça) pela fortaleza!
    Não sou da área de saúde, mas como bacharel na área de humanas, pode contar com este ser humano aqui, irmão!
    Um grande e fraternal abraço!

    Liked by 1 person

  9. isso sao coisas da vida, acontece , e devemos estar preparado para tudo nesse mundo. tenha fé força e esperança, seja forte e confiante, voce é muito querido por todos e estamos torcendo por vc amigo. tudo nesse mundo e passageiro. conte comigo, um grande abraço bocca!

    Liked by 1 person

  10. Caro Vinicius!
    Só agora fiquei sabendo.
    Gostaria de mandar muito força: estou torcendo para e pensando em você e Poliana nestes momentos difícils. Sei que você vai ficar com muitos amigos pertos pra te apoiar. Boa sorte na batalha. Vai dar tudo certo.
    Abração
    Tom

    Liked by 1 person

  11. Grande Vinícius, passado o susto da notícia, vem a certeza da sua grandeza e força. Só uma pessoa iluminada como você para se lembrar dos demais e se preocupar com a prevenção geral numa hora dessas!
    Mas fica tranquilo, fica forte, isso não é mais do que um pneu furado ou um raio amassado nessa pedalada incrível que é a sua jornada! Com todos os pensamentos e vibrações positivas da imensa turma que te admira, logo, logo essa etapa será vencida e ultrapassada! Conte comigo para o que precisar!
    Abraço!
    Ênio

    Liked by 1 person

  12. Vocês chegaram na nossa vida tem pouco tempo… Mas ainda assim sentimos um carinho especial por vocês! Poliana ensinou minha pequena Luísa a andar de bike… É um sorriso só! Das duas!! E em você, Vinícius, sempre observamos um cara centrado, ativo, inteligente… Pessoas do BEM, enfim! Já passamos por algumas situações como a que estão vivendo agora na nossa família. Vários pequenos desafios a serem vencidos em etapas que são às vezes mais difíceis, às vezes mais leves. Estamos aqui para o que precisarem! Vamos conversando…
    Um afetuoso abraço para vocês. Juliane, Waltinho, Rodrigo e Luísa

    Liked by 1 person

  13. Como não pude comentar lá no face, venho aqui mostrar solidariedade e torcer pra que tudo dê certo pra vc. Minha irmã tb está com um cancer raro, e estamos juntos na luta! Tudo de bom Vinicius!!!

    Liked by 1 person

  14. Mundim,

    Eh mais uma barreira apareceu em sua vida e que resolver não será facil! Saiba que estamos aqui do seu lado, conte agente! Rezo para que Deus lhe dê força para esta batalha…

    Estamos ai! Abs Hernandez

    Liked by 1 person

  15. Chefe, nestes momentos sabemos que muito pouco podemos ajudar… contudo, contem com nossas orações, nossa força e pensamento positivo.
    “A vida é dura para quem é mole!”
    Temos certeza que vocês… à… iram passar pedalando por esta cratera… subiram com sempre juntos a próxima montanha… e do topo, verão a imensidão de crateras e montanhas que lhes esperam no decorrer desta passagem!
    Grande abraço!
    Silvano, Regina e Gabrielly.

    Liked by 1 person

  16. O meu caro, parabéns pela serenidade (pelo menos aparente rsrsrs). Menos mal que não é tão grave e as chances são muito boas. Fique com meus desejos de melhora rápida e saúde 100% daqui para a frente. Se tiver algo que eu possa fazer, estou à disposição.

    Um abraço!

    Liked by 1 person

  17. Mundim, tudo bem? Fiquei sabendo agora, mas no que precisar estarei aqui torcendo e rezando por você… Como sabe se der um grito estaremos ai para o que der e vier…. Concentração, coragem e acima de tudo persistência, nesta sua luta, nunca desista, o caminho é longo, mas no final é saúdavel…. Seja feliz….

    Grande Abraço

    Liked by 1 person

  18. Cara, eu passei por isso também, me identifiquei muito com a tua história e o apoio da namorada, família e amigos foi muito fundamental. Tive metástase no abdome, fiz quimioterapia. Hoje estou bem, me curei, sigo fazendo acompanhamento e já faz vários anos que não tive mais nada. A vida segue normalmente. Vivemos melhor com este aprendizado, pois vemos a vida com outros olhos de agora em diante, e percebemos ainda mais que o importante é ter saúde e nada mais. Tendo saúde conseguimos ir atrás do resto, e saúde Você tem pode ter certeza. Isso vai fazer Você ver que tu é mais forte do que tu pensas! Fica tranquilo que você está curado e poderá fazer tudo o que quiser como se nada estivesse acontecido antes! Ah, e terá uma vantagem também, pois seguirá fazendo acompanhamento de rotina, coisa que muita gente não faz e só descobre o tumor quando o câncer está muito desenvolvido. Câncer não tem segredo para quem acompanha. Se diagnosticado no início é sossegado.

    Liked by 1 person

  19. Pingback: Estamos de volta! |

  20. Pingback: Ó a gente aí de novo! |

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s